• Texto mais visitado
  • Adoração
  • Finanças Pessoais
  • Paz e Vida

terça-feira, 5 de agosto de 2014

De volta ao Ainda Existe Paz!

Oi gente, Graça e Paz para todos, mais uma vez estou de Volta ao Ainda Existe Paz depois de muito tempo sem postar, pretendo voltar as velhas boas práticas de compartilhar aquilo que o Senhor fala comigo e que fazem diferença para mim e com certeza fará na vida de outras pessoas mundo adentro.

Muitas Coisas mudaram em minha vida desde as últimas postagens e isso é algo que neste post não terei condições de expor, aos poucos vou pontuar as mudanças e Deus nos guiará nessa nova jornada rumo ao compartilhamento de experiencias espirituais que o Espírito Santo nos dá de tempos em tempos.

Recordo-me agora de como o Ainda Existe Paz nasceu. Eu fiz uma viagem de seis horas para ver os meus pais em 2008 e em meio a diversos pensamentos surgiram alguns textos em minha mente, algumas reflexões que eu registrei ali mesmo no ônibus, digitei ao chegar em casa e se tornaram os primeiros artigos do AEP. Neste mesmo tempo ardia em meu coração uma chama viva de uma chamada ministerial, isso era algo muito distante naquela época, mas, hoje, realidade, o Senhor ungiu-me Pastor.




Um sonho que parecia distante. Durante muitos anos eu falava e repetia e almejava ser ungido pastor, eu dizia a todos que meu sonho era ser pastor, mas na minha denominação as coisas não são rápidas assim, e era projeto de Deus, eu prego a palavra de Deus há doze anos, fui achado por ele há 14 anos e em 2001 se você me perguntasse o que eu queria ser te diria: Pastor.

Mas o trabalhar de Deus em nossas vidas não é do jeito que queremos, nem no tempo que queremos, é no tempo de Deus e aquele menino que entrou no gabinete do seu pastor, Josias Aureliano da Silva, este homem de Deus da foto acima e disse que queria ser pastor, recebeu da parte de Deus através dele uma recomendação: Você pode fazer outras coisas da vida e ganhar vidas para Cristo! Era um cuidado de um pastor com sua ovelha, era um direcionamento de Deus para um jovem menino que tinha um sonho e estava muito entusiasmado achando que seria simples alcançá-lo.

Passaram-se 11 anos, e aquele menino sofreu muitas mudanças em sua vida, mas, finalmente no dia 03 de Outubro de 2013 foi ordenado Pastor na mesma igreja onde se encontrou com Cristo, pelo mesmo pastor que o viu nascer em Cristo.

Hoje quero ministrar sobre a tua vida a vivificação das promessas de Deus na tua vida. Demorou pra mim, mas pra o Senhor foi no tempo certo, na tua vida algo pode estar demorando, mas isso não quer dizer que não vá acontecer, Deus com certeza cumprirá as suas promessas, espere em Deus e você não será envergonhado, Ele agirá e você chorará de alegria em sua Presença!

Este Artigo foi publicado pelo Blog www.aindaexistepaz.com, se você está lendo este artigo em outro blog, informe-nos através de nosso formulário de contato.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Ministrando em São Gonçalo

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Pregando na Nova Aliança no Tomba em FSA

Noite maravilhosa ministrando a palavra do Senhor.

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Pregando na Congregação Vilarejo

Cuide da obra de Deus, que Ele cuida de você.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Minha Ordenação a Pastor!

















Dia de muita alegria, aguardado, sonhado, prometido e cumprido. O Senhor me chamou para o Ministério da palavra no ano 2001, e ministrei muitas vezes de lá para cá, sempre aguardando a promessa de ser ordenado Pastor oficialmente, houveram dias em que pensei que isto nunca iria acontecer, mas, o que Deus promete ele cumpre, finalmente dia 03 de Outubro de 2013, fui ordenado Pastor Valney Ribeiro Júnior, na mesma igreja onde Jesus me salvou, na Primeira Igreja Batista em Cruz das Almas, Bahia. Sendo a partir desta data ministro do Senhor, pela Ordem dos Pastores Batistas do Brasil.

domingo, 15 de setembro de 2013

Ministério: Chamado ou Profissão? Russell Shedd

domingo, 8 de setembro de 2013

Que queres que eu te faça?


"Perguntou-lhe Jesus: Que queres que te faça? Respondeu-lhe o cego: Mestre, que eu veja".
                                                               Marcos 10:51

Muitas pessoas vivem reclamando da vida, se maldizendo, aceitando a derrota como algo natural em sua vida e até aceitando essa realidade como vontade de Deus para as suas vidas. Mas, o Senhor não tem nada a ver com a nossa derrota, ele nos fez na verdade mais do que vencedores em Cristo Jesus.

Não é Teologia da Prosperidade, é realidade Bíblica. Me maravilho com o pequeno trecho Bíblico acima. O Senhor Jesus foi tocado pelos gritos de Bartimeu, um mendigo sentado à beira do caminho. Por vezes, medimos a nossa capacidade de vencer tomando como referência o lugar onde estamos. "Sentado à beira do caminho" é uma expressão que nos dá uma noção do tipo de vida que esse homem vivia. Sentado, sem forças para lutar, sem trabalho, imagine o que é a vida de um homem sem trabalho? Sempre ouvi meu avô Alfredo dizer que o trabalho dignifica o homem, cresci com esta referência e iniciei minha vida profissional aos 14 anos no comércio, e esta expressão soa triste aos meus ouvidos, ele não podia trabalhar, e por lógica, o texto não diz, chego a conclusão que não tinha esposa, nem filhos.

"A Beira do Caminho", também não é algo bom. É um lugar de derrota. Você queria estar num lugar deste? Estava separado da sociedade, mendigando, aqui comprova-se que não trabalhava, e quantos de nós estamos muitas vezes numa posição que não queríamos estar? Temos anseios, temos objetivos, nos sentimos insatisfeitos com certas situações que vivemos ou somos obrigados a viver, à beira do caminho.

"Ele clamou: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim!" A melhor coisa que eu posso fazer na vida é clamar. A melhor coisa que você pode fazer na vida é clamar pela a ajuda do Senhor. Salmo 46, Ele é o nosso refúgio, é nele que nos abrigamos das chuvas, das tempestades, dos ventos deste mundo. Ele é a nossa fortaleza, é Ele que nos guarda dos nossos inimigos, daqueles que se levantam contra nós e que querem ver a nossa desgraça. O Senhor é o socorro bem presente na hora da angústia, ele é a ambulância do céu, é o Samu espiritual, ele vem ao nosso resgate, CONFIE, ele já está vindo, algo novo vai acontecer em sua vida, e quando vier, não espere que as pessoas entendam ou gostem, mas, segure firme nas mãos do Senhor e vá, desfrute das maravilhas de Deus em sua vida, a vitória sempre vem, Salmo 41:11, Eu Sei Senhor que te alegras em mim, porque os meus inimigos não triunfam sobre mim, por isso, eu sei, que te alegras em mim. 2 Coríntios 2:14, Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos faz triunfar, e por meio de nós difunde em todo lugar o cheiro do seu conhecimento.

"Perguntou-lhe Jesus: Que queres que te faça?" Quando iniciei este artigo, era sobre esta frase que pretendia falar, mas, o Espírito Santo ministrou tudo o que falamos antes e fomos registrando a iluminação recebida das Sagradas Escrituras. O Senhor mandou chamar Bartimeu. Bartimeu significa filho de Timeu. Era uma maneira de dizer quem era seu pai, é como Júnior, ou Filho, usado aqui no ocidente. Vi várias histórias sobre a vida de Bartimeu, porém, não encontrei fonte confiável para nenhuma delas, se quiser saber pesquise Bartimeu no Google que vai ver, mas, a palavra de vida aqui agora é baseada no fato de que Bartimeu clamou. Precisamos clamar também. Jesus ouviu o clamor dele, e vai ouvir o nosso clamor também, Filipenses 4:6 - "Não andeis ansiosos por coisa alguma, antes em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças". Precisamos orar.

"Respondeu-lhe o cego: Mestre que eu veja!" Aqui está o centro da mensagem. Bartimeu sabia o que queria, sua resposta foi imediata: MEU SENHOR EU QUERO VER! Ele podia dizer que estava precisando de dinheiro, de uma esposa, que não tinha filhos, que não tinha amigos, que sua roupa estava velha, que estava com odor fétido, que as doenças pela falta de higiene tomavam seu corpo, que era zombado pelos outros, que o chamavam de amaldiçoado, que estava infeliz, depressivo, porém, ele foi no ponto chave, ele já havia refletido sobre o maior problema da sua vida, e era a falta de visão, então ele foi no ponto chave. Qual o ponto chave para você? Quando você clamar, e Jesus te ouvir, e te perguntar o que queres, que vais dizer? É preciso traçar seus objetivos e dentre eles priorizar o que é de fundamental importância com inteligência e submissão ao Senhor. Qual é a área de sua vida que, se Deus tocar e transformar tudo vai mudar para você? Ore, clame presença do Senhor em sua vida, e sentir ele presente, diga-lhe qual é seu ponto chave. Através da recuperação da vista, quantas áreas da vida de Bartimeu deve ter mudado? A Bíblia não diz, mas é lógico, vivia mendigando, depois que Jesus o curou podia trabalhar; vivia maltrapilho, Jesus o curou ele pôde trabalhar e comprar roupas novas; vivia só, depois que o Senhor o curou pôde trabalhar, comprar roupas novas, tomar banho, fazer a barba, cuidar dos cabelos e a beleza escondida apareceu, então poderia conseguir uma esposa. Era tido como amaldiçoado, era desprezado pela sociedade, depois que Jesus o curou, passou a ser conhecido como o homem que era cego e agora enxergava pelo poder de Deus. Tudo isso através de um clamor e de objetivos claramente fixados. Então? Que queres que Jesus te faça?

Este Artigo foi publicado pelo Blog www.aindaexistepaz.com, se você está lendo este artigo em outro blog, informe-nos através de nosso formulário de contato.