Está registrado nas escrituras sagradas a história de Gideão. Ele viveu num tempo difícil onde o povo de Israel havia pecado muito e como conseqüência, Deus deixou de ajudá-los e protegê-los. Os inimigos atacaram e conseguiram vencê-los, desde então não permitiram mais que o povo plantasse, e se o fizessem não permitiam que colhessem, pois vinham e destruiam toda plantação, assim o povo estava em grande miséria e sofrimento, pois essa é a conseqüência do pecado, miséria e sofrimento. Neste ambiente de crise financeira, Gideão teve uma idéia de como plantar e colher sem chamar atenção dos inimigos, havia um local chamado lagar em sua terra, era um tipo de tanque cavado numa rocha, onde as pessoas jogavam uvas e pisavam para fazer vinho, e se não havia uva logo entendemos que aquele local estava esquecido, então Gideão passou a malhar trigo naquele lugar, trabalhar com trigo ali, possivelmente, a Bíblia não diz, ele jogou terra naquele tanque, plantou trigo e tampava à noite e deixava aberto durante o dia, assim o trigo foi crescendo e ele obteve alimento. Diante desse fato tive uma revelação do Senhor, Jesus é o nosso refúgio. Assim como aquele trigo viveu e cresceu dentro daquele lagar, o Senhor nos diz que nós vivemos e crescemos na presença d’Ele. O lagar era uma rocha cavada para ser tanque, e simboliza Jesus Cristo, à rocha da nossa salvação, a Bíblia diz que devemos ser como casa firmada sobre à rocha e que pode vir o temporal que for não seremos derrubados, e essa rocha é Jesus. O trigo somos nós e a terra é a palavra de Deus. Portanto descanse, pois você está escondido dos inimigos dentro da rocha que é Jesus, eles não vão te alcançar pois Jesus é nosso refúgio.