• Texto mais visitado
  • Novidades
  • Canal Youtube
  • Podcast
  • Paz e Vida
  • Sobre o Autor

quarta-feira, 3 de junho de 2009

CASAMENTO ENTRE CRISTÃOS, ANÁLISE DO COMPORTAMENTO SEXUAL

Em primeiro lugar quero louvar e engrandecer o nome do Senhor JESUS! Ele é minha motivação a prosseguir, é meu sonho realizado, minha vida. Se você ainda não o conhece, deseje ter um encontro com ele, siga as suas palavras e você encontrará a pessoa mais maravilhosa do universo. O título do artigo de hoje, já expressa perfeitamente qual o assunto queremos desenvolver hoje, analisar como é o casamento entre as pessoas que servem a Deus. Tenho alguns dados importantes para te passar, que te motivarão a buscar um parceiro que sirva a Deus, e a ser um servo ou serva de Deus, do Deus que criou o casamento no início da raça humana. Deus criou Eva para Adão, pois não o queria sozinho, viu que precisava de companhia, o casamento é uma parceria, uma troca de carinhos, amor, afeto e companherismo. Eu não tenho experiências em aconselhamento de casais, mas tenho lido textos de pastores que aconselham muitos casais e uma coisa não me envaidecendo, nem cheio de soberba digo: Tenho um casamento abençoado, firmado na Rocha (Jesus Cristo), e pleno de amor. Os dados que vou citar agora, foram retirados do livro "O ato conjulgal", onde li que no casamento entre servos de Deus nota-se que não há parceiros obcecados por sexo, e sim há uma troca de carinhos e amores; não precisam ouvir histórias picantes para sentirem desejo um pelo outro; não precisam ver revistas e filmes pornográficos para estimular ou motivar a relação sexual entre ambos, pois já há um sentimento do mais puro amor que faz parte de sua vida. Um grande vilão da vida sexual dos casais é o ressentimento, ele é capaz de fazer-nos dormir separados de nossa companheira e vice-versa, mas os cristãos têm uma ferramenta de Deus contra os ressentimentos, o perdão. Escrevendo este artigo agora, me lembrei do proprietário de uma empresa que trabalhei como gerente, Vitalino, certa vez ele me perguntou: Para que você se casou? De imediato eu respondi: para ser feliz! Esperava que minha resposta estivesse correta, mas, para minha surpresa estava errada. Hoje entendo o que Vitalino me disse, não devemos nos casar para sermos felizes, e sim para fazermos nosso companheiro(a) feliz. Se você quiser fazer a pessoa que Deus separou para você, uma pessoa feliz, irá perdoá-la quando errar, irá lutar para a ajudá-la com toda sua vida, irá sentir a sua dor, e sorrir com o seu sorriso. Eu não estou fantasiando aqui com essas palavras, sei da nossa realidade, há muitos casais na igreja em crise, há casais se degladiando, mas a solução está em Jesus, em viver uma vida cristã, só o crente que não vive a palavra de Deus entrenta crises no seu casamento. Numa pesquisa realizada entre mulheres crentes e não crentes, a conclusão foi que as mulheres que servem a Deus têm 10% a mais de prazer sexual do que as que não servem. Elas apresentaram também maior freqüência na prática de atos amorosos por mês, e maior participação no ato, segundo a Revista Redbook. Eu não sei se seu casamento faz parte destas animadoras estatísticas, mas quero dizer que Deus pode mudar qualquer situação, entregue seus caminhos ao Senhor, confia Nele e tudo fará por ti.

2 comentários:

  1. Oiii,queria perguntar uma coisa,tenho 13 anos,e quero muuito um marido que serve a deus para mim,devo orar desde agora ?ou mais para frente,talvez por que sou muito nova,sei la...me respondem por favor,desde ja agradeço!

    ResponderExcluir
  2. Minha querida, orar desde já você pode, porém, quem ora quer resposta e ainda é cedo para uma resposta de Deus nesta área na sua vida. Mas será ótimo se você amadurecer e chegar na juventude com este pensamento e mais do que isto, posso te afirmar que minha esposa pediu isto e sempre conta que Deus a ouviu, e posso afirmar também que casei com uma mulher de Deus. Quer um marido de Deus? Seja uma mulher de Deus!

    ResponderExcluir

Ainda Existe Paz, Levando você à Presença de Deus. Leia nossos artigos e se edificar a sua vida compartilhe conosco deixando um comentário. Escreva no campo em branco, escolha seu modo de identificação (Nome/url=seu nome e seu site; anônimo=não exibir seu nome e etc.) e clique em postar.