Este tema é conveniente nos dias atuais que vivemos. Percebo que muitas pessoas que servem a Deus estão hoje vivendo no vermelho e o tempo está passando e não conseguem se libertar financeiramente. A palavra de Deus não é um manual tipo "como ficar rico", mas na qualidade de revelação do Senhor, ela também contém informações sobre nossa vida financeira e tenho que partir do texto de Mateus capítulo seis:
(Mateus 6:31) - Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (Mateus 6:32) - (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; (Mateus 6:33) - Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. (Mateus 6:34) - Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.
Você precisa ter consciência de que Deus está cuidando de você! A ansiedade tenta dominar o nosso dia, a agonia por causa de nossas necessidades, a dor de querer e não poder, e o pior de tudo é quando estamos devendo dinheiro aos outros. Pessoas endividadas não vivem bem no trabalho, não produzem nem 50% do que são capazes de produzir, a mente só fica presa aos problemas, às contas a pagar; não vivem bem na família, são asperos muitas vezes com seus parentes, como se eles fossem os culpados da situação que estão enfrentado; são impacientes e desesperançosos quanto ao futuro. Considero uma pessoa endividada, aquela que está com contas a pagar e compromete mais de 70% de seu salário no pagamento delas, e os 30% que restam são para passar o mês e nada sobra para o mês subseqüente. Sei que tem pessoas com situações piores do que esta que exemplificamos, esta mensagem serve para você também. Outro ponto fundamental que percebo no texto citado, é que devemos buscar a Deus em primeiro lugar. Este buscar envolve ler a palavra de Deus (Bíblia Sagrada); dedicar um momento à oração todos os dias; jejuar o quanto for necessário (isso depende das tentações que você estiver enfrentando); e vigiar em todo o tempo, para não dar lugar ao diabo (Efésios 4:27). O primeiro passo é este, entregar sua vida ao Senhor Jesus, deixar que Ele tome o controle de sua vida, pois sem Ele não podemos fazer nada (João 15:5). O texto diz que Deus acrescenta à nossa vida, tudo o que precisamos e isto faz de diversas maneiras. No ano de 2006 eu provei um colapso financeiro terrível, tive cheques que não pude cobrir e voltaram sem fundos, cartões de crédito que estouraram o limite e não consegui pagar sequer o valor mínimo, lojas que não consegui pagar e assim sucessivamente devido a gastos com problemas de saúde. Só que tem um detalhe importante: Em meio à crise que enfrentei, deixei de dar o dízimo ao Senhor deixei-o em segundo lugar e logo em seguida o esqueci, foi aí que provei o gosto amargo do endividamento. Sofri muitos dias, meses por causa deste aperto, porém sabia que eu que estava errado e não Deus pois negligenciei sua palavra escrita em Malaquias capítulo três, e para que você vença esta provação, é necessário que entenda ela também e cumpra a vontade do Senhor:
(Malaquias 3:8) - Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas. (Malaquias 3:9) - Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim, toda esta nação. (Malaquias 3:10) - Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e depois fazei prova de mim nisto, diz o SENHOR dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar suficiente para a recolherdes. (Malaquias 3:11) - E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra; e a vossa vide no campo não será estéril, diz o SENHOR dos Exércitos. (Malaquias 3:12) - E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra deleitosa, diz o SENHOR dos Exércitos. Esta palavra revela-nos um ser maligno que usa a nossa ingratidão ao Senhor, para nos afrontar e destruir as bênçãos materiais que o Senhor nos deu, roubando a nossa paz, acabando com nossas reservas, fazendo-nos gastar tudo o que temos e não temos. O devorador é um espírito do mau, que age na vida daqueles que não dão o dízimo de seus lucros ao Senhor, ele traz maldição sobre nós; destrói os frutos de nossa terra; torna estéril nosso salário, ou seja, ele não dá para nada e assim sucessivamente. Só que não adianta orar a Deus para nos livrar dele, temos é que ser fiéis nos dízimos e nas ofertas. O primeiro passo importante para se livrar de dívidas é se livrando do devorador, e a única maneira de se livrar dele é dar com amor o dízimo (10%) ao Senhor dos seus ganhos. Quando voltei a dizimar, Deus me ajudou a vencer minhas dívidas, o ano de 2007 para mim foi assim, só pagando dívidas e até hoje não acabei com todas elas, mas o que restou foram 10% que estão praticamente resolvidas, falta pouco. Não adianta ler o final deste artigo, se você não por em prática o que falamos até aqui. Eu entendo, lendo o texto acima também, que quando dizimamos o Senhor nos abençoa de maneira sobrenatural e conseguimos fazer proezas com Ele, até uma moto ele me deu condições de comprar, Glórias a Deus. Há esse princípio espiritual para cumprir, e há também a parte racional necessária para vencermos as dificuldades financeiras, a contabilidade. Pegue um papel e uma caneta, anote tudo que você deve nele, some o valor, escolha quem você vai pagar primeiro e vá até o local onde deve, renegocie suas dívidas com o gerente, peça um desconto e comece a pagar o acordo. Enquanto isso continue colocando Deus em primeiro lugar em sua vida, como ensinamos no princípio. Parcele de acordo com o que pode pagar e deixe a palavra "comprar" bem longe de você por enquanto, porque tem pessoas que se queixam de dívidas, mas só vivem na pizzaria gastando dinheiro. Deus está perto de você, se você orar ele vai te mostrar como vencer! Não esqueça de que cada pessoa tem sua particularidade, e sua vitória não será como a minha Deus vai te dar uma benção sua. Caso precise comprar algo, organize-se para fazê-lo à vista, acumular débitos é a última coisa que você precisa agora.