• Texto mais visitado
  • Novidades
  • Canal Youtube
  • Podcast
  • Paz e Vida
  • Sobre o Autor

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Um sentimento novo!


Mais uma vez estou entrando na torre de vigia, como disse o profeta Habacuque, vigiarei para ouvir a voz do Senhor e saber o que responder quando ele me examinar através de suas perguntas. O título deste post é uma referência ao louvor do irmão Lázaro, porém, o conteúdo nada tem a ver com o sentimento que Deus o deu, mas sim com o sentimento que Deus está me dando. Tenho estudado estes dias acerca da história da igreja de Jesus e me maravilhado e envergonhado ao mesmo tempo. Maravilhado ao tomar conhecimento de tudo o que aconteceu para que o Evangelho chegasse até nós, e me envergonhado quando me comparo aos pais da igreja, e vejo que tenho feito tão pouco tendo muito mais recursos à disposição do que eles. Homens como Tertuliano, Policarpo, Cipriano, Orígenes, Clemente de Roma e muitos outros que doaram as próprias vidas pelo evangelho e sem interesses pessoais tornaram os seus corpos, instrumentos nas mãos de Deus à ponto de serem dignos de morrer por Jesus e para Jesus. 

Em controvérsia à história destes homens, vejo a história dos considerados "grandes homens de Deus" de minha geração, homens que pregam com eloquência, que emocionam os seus ouvintes, que são usados por Deus com certeza, mas que usam Deus para encherem os seus bolsos, para andarem de carro importado, para se tornarem ricos neste século e tudo isso em nome da fé. Eu sou chamado por Deus, não tenho dúvidas quanto a isso, esse chamado não vem de mim, é algo que está em mim e foi o próprio Deus que colocou. Como eu, existem vários jovens cheios do Espírito Santo, mas que se espelham nos profetas de nossa geração e o tomam como modelo do que deve ser um verdadeiro Pastor, Missionário ou Cantor de Jesus, nós planejamos um ministério cheio de estrutura física, sonhamos em ser como estes homens são, porém, a verdade é que esse modelo de "profeta" é capitalista, é interesseiro e vão. O sentimento Novo que o Senhor colocou em meu coração me faz querer perder e não ganhar, me faz renunciar, me faz diminuir, me faz querer gastar minhas economias em prol do evangelho e não de uma estrutura de ministério que engrandeça a mim mesmo, os pais da igreja usaram papiros para registrar tudo o que o Espírito Santo ministrou aos seus corações, estas cartas não foram vendidas para promover a si mesmos, foram entregues gratuitamente às Igrejas do Senhor, como disse o Senhor Jesus aos seus discípulos e isto é uma mensagem para nós hoje:


E, indo, pregai, dizendo: É chegado o reino dos céus.
Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. (Mateus 10:7-8)

Se hoje acontece um milagre enquanto alguém prega, a própria igreja dá a glória ao pregador, fazendo o seu nome conhecido e pagando valores exorbitantes para que o mesmo volte e use mais o seu dom, que foi recebido de graça e pela graça de Deus para a edificação da Igreja.

O Sentimento Novo é fazermos algo pelo povo que não conhece a Cristo, e isto, não para recebermos algo em troca como: Fama, boa imagem ou cargos na Igreja. O Sentimento Novo é cumprir-mos a ordem que recebemos do Mestre: Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura. Não façamos comércio com a palavra de Deus, doemos a palavra de Deus, de graça recebemos, com os nossos próprios recursos devemos espalhá-la, aceitando a doação daqueles que querem nos ajudar nesta empreitada, mas não usando estes recursos para enriquecer a nós mesmos as custas de Deus.

Este Artigo foi publicado pelo Blog www.aindaexistepaz.com, se você está lendo este artigo em outro blog, informe-nos através de nosso formulário de contato.

1 comentários:

  1. Olá amado Pastor. Concordo plenamente com o seu sentimento novo, que esse sentimento que eu creio ter sido plantado em seu coração pelo Espírito Santo de Deus, possa também nascer nos corações dos servos do Senhor. Que não venhamos a ser cantores, mas sim verdadeiros adoradores, que não venhamos a nos corromper perdendo a visão, nos tornando profissionais dos púlpitos ou mercenários, mas sim pregar o evangelho genuíno. Que o Senhor continue o abençoando Pastor, te inspirando cada vez mais. A paz so Senhor. Cleona

    ResponderExcluir

Ainda Existe Paz, Levando você à Presença de Deus. Leia nossos artigos e se edificar a sua vida compartilhe conosco deixando um comentário. Escreva no campo em branco, escolha seu modo de identificação (Nome/url=seu nome e seu site; anônimo=não exibir seu nome e etc.) e clique em postar.