• Texto mais visitado
  • Novidades
  • Canal Youtube
  • Podcast
  • Paz e Vida
  • Sobre o Autor

quinta-feira, 31 de maio de 2012

Experiência!


No Domingo passado eu estava meditando, buscando ouvir a voz do Senhor diante de uma situação difícil a qual eu estava enfrentando e ouvi o Senhor falar comigo sobre este texto de Romanos 12:2 que diz:


E não sede conformados com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. 


Procurando compreender o que o Espírito Santo estava me falando, percebi em meu espírito do que se tratava, foi aí que comecei a pregar para mim mesmo guiado por Ele acerca da palavra experimenteis. Quando nascemos, vivemos uma das primeiras experiências das nossas vidas, conhecemos o mundo exterior, o ar, a luz, o leite materno, o colo de nossa mãe, todos nós vivemos essa experiência. O tempo vai passando e as experiências vão mudando aos poucos, as novas agora são aprender a dar os primeiros passos, ir a escola e aprender a escrever o próprio nome, aprender a andar de bicicleta e coisas semelhantes que todas elas são experiências que vivemos. A experiência faz parte de nossas vidas desde o dia que nascemos, e elas podem ser de duas maneiras: Experiências boas e experiências ruins.

Falar de boas experiências é muito fácil, por isso, vamos discorrer um pouco sobre experiências ruins, até porque o propósito desta palavra é ajudá-lo a enfrentá-las. A primeira experiência que quero retratar aqui é a de uma jovem que passou pelas fases iniciais da vida que descrevemos, até que um dia entre os seus doze ou quatorze anos ela vive uma experiência nova em sua vida, a garotinha agora é adolescente, entrou no período mestrual pela primeira vez em sua vida, alegria para sua mãe, sua pequenina está se tornando uma mulher, alegria para os parentes mais próximos que se alegram com a notícia e como vive em Israel, segundo a Lei é transportada para uma arraial onde deveria passar toda a semana do período. Aquela mocinha é recebida com alegria no arraial das imundas, como eram chamados esses locais, recebendo os parabéns de outras mulheres por agora estar se tornando uma mulher e esperando passar ali apenas uma semana. Até aí tudo vai bem, só que a semana passa e o fluxo de sangue não diminui, a segunda semana passa e nada, o mês passa e aquela jovem não pode ir para casa pois estava imunda já a muitos dias e o que era alegria vai se tornando tristeza, o tempo passa mais e mais, ela procura os médicos e estes não podem ajudar, ela gasta todo o dinheiro que a família concedeu tentando achar uma maneira de ficar curada e não consegue, quanto mais sangue ela perde, posso imaginar a sua beleza indo embora, quem perde sangue emagrece, quem está no arraial das imundas não vive perfumada e de cabelos cuidados, então o Espírito do Senhor me levou a pensar na vida desta mulher e tudo que ela viveu pode ter sido difícil, mas é uma experiência que marcou sua vida.

Lembre um pouco de você agora, das experiências que viveu e que no princípio era tão bom, e agora por algum motivo as coisas não vão bem. Deus falou comigo enquanto preparava esta palavra para ser pregada sobre casamentos que começaram tão bons, tão felizes, mas que agora estão vivendo uma experiência ruim por conta das dificuldades. Experiências boas que se tornaram ruins, o filho tão desejado, pedido a Deus em oração, mas que, hoje tem dado trabalho aos seus pais se transformando numa experiência ruim.

Outro exemplo foi usado pelo Espírito Santo para demonstrar o conteúdo de sua mensagem para mim e para você. É sobre as experiências de um homem que era paralítico, e que com certeza foi aos médicos e não conseguiu achar cura para o seu problema ele também viu o tempo passar em sua vida sem ver a solução, a mulher do fluxo de sangue sofreu 12 anos, ele sofreu um pouco mais, 38 anos paralítico. Um dia ele toma conhecimento de um fenômeno sobrenatural que acontecia num tanque de Jerusalém chamado tanque de Betesta, de tempos em tempos descia um anjo do céu ali e movimentava as águas e a primeira pessoa que caía nas águas era curada de qualquer mal que tivesse. Ele vai até o tanque cheio de esperança, uma vida toda sendo último em tudo, sem trabalho, sendo taxado de amaldiçoado, vivendo como um ninguém e agora a esperança brotou por causa do anjo que descia às águas de Betesta. Uma vez ali ele passa por uma experiência diferente, ele vê as águas se movimentando, que euforia é verdade! Mas toda vez que ele tenta pular alguém vai antes e ele continua vivendo uma vida de derrota, não consegue ser o primeiro, dura experiência! Eu posso imaginar também outro agravante na vida deste homem, a solidão. Ele disse que não tinha ninguém que o jogasse no tanque, quem sabe essa tem sido a sua experiência ruim, a solidão?

O maravilhoso em meio a tudo isso é que mesmo a sua experiência estando ruim, Deus tem o poder de torná-la boa novamente. Essa palavra de Romanos 12:2 nos apresenta alguns passos que nós temos que dar:
1 - Não se conforme. Não aceite a derrota como se fosse o seu fim, não declare a derrota com seus lábios.
2 - Se transforme. O texto fala transformai-vos, tem que haver um esforço de nossa parte.
3 - Renove o seu entendimento. A palavra de Deus é a melhor fonte de renovação da mente.
4 -  Experimente a vontade de Deus.

A vontade de Deus para a vida daquela mulher não era que ela ficasse doente. A vontade de Deus para a vida daquele homem não era que ele ficasse paralítico, tanto que Jesus passou próximo de onde ela estava e diante daquele homem. A vontade de Deus para a sua vida não é que continues nesta experiência ruim, por isso que Jesus está aí perto de você agora, diante de você para mudar a tua situação, sela lá qual for ela. Tem algo que observo nestas duas experiências que vimos hoje:

1 - A mulher rompeu barreiras para tocar em Jesus. Você e eu precisamos aprender a romper barreiras.
2 - O homem obedeceu a Jesus que o disse: Levanta-te. Você e eu precisamos obedecer a voz do Senhor Jesus quando Ele se dirigir a nós.

Bem, então é isso, viva hoje uma nova experiência pela presença de Deus e pela obediência a Ele, esse é o desejo do Senhor e o meu para a tua vida em nome de Jesus.


Em Cristo e por Cristo em amor,
Valney Ribeiro Júnior.



Este Artigo foi publicado pelo Blog www.aindaexistepaz.com, se você está lendo este artigo em outro blog, informe-nos através de nosso formulário de contato.

0 comentários:

Deixe seu comentário...

Ainda Existe Paz, Levando você à Presença de Deus. Leia nossos artigos e se edificar a sua vida compartilhe conosco deixando um comentário. Escreva no campo em branco, escolha seu modo de identificação (Nome/url=seu nome e seu site; anônimo=não exibir seu nome e etc.) e clique em postar.