• Texto mais visitado
  • Novidades
  • Canal Youtube
  • Podcast
  • Paz e Vida
  • Sobre o Autor

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Que darei ao Senhor por todos os Benefícios?


O que você já alcançou de importante em sua vida? Você pode se recordar um pouco de alguns anos atrás, da vida que você levava? Das dificuldades que enfrentava e que faziam você sonhar e orar ao Senhor pedindo dias melhores? O Espírito Santo me tocou e me fez lembrar disto agora, e o que me vem a memória quando me recordo do passado e olho para o meu presente é um sentimento de gratidão por tudo que foi acontecendo e reconheço a mão de Deus em cada minuto da minha história, e você?

Hoje, anos passados, será que podemos fazer alguma coisa para demonstrar a Deus a nossa gratidão por tudo que nos tem feito? 

O Salmo 116 diz que Deus ouve a nossa voz, Ele inclina o seu ouvido para nós. Nosso Deus é compassivo, é Justo, é misericordioso e guarda aqueles que são simples. Quando nos sentimos abatidos, ele nos salva, Ele livra a nossa alma da morte, o Senhor faz bem a nossa alma.

Que daremos ao Senhor por tantos benefícios? A sua história poderia terminar triste, mas Deus cuidou de você, o que você pode fazer para retribuir ao Senhor?

Ouso trazer uma resposta à pergunta do salmista, que tem sido à nossa pergunta. Tem algo que podemos dar ao Senhor: Podemos repartir os recursos que Ele tem nos dado com aqueles que ele coloca em nosso caminho que precisam de nossa ajuda. Quando penso na situação incômoda que vivi no passado e que clamei a Deus por uma solução, lembro-me que Deus deu resposta à minha dor, mas a resposta foi através de pessoas que foram sensíveis ao toque do Senhor e abriram o coração e as mãos para me abençoar. Com você não foi diferente, a maneira que Deus ajuda alguém aflito
 que está orando por uma providência, muitas vezes é tocar em alguém e usar um recurso que esta pessoa tem para ajudar um aflito.

Portanto que darei ao Senhor é uma pergunta com resposta hoje: VOU REPARTIR O QUE TENHO AJUDAR SEGUNDO AS MINHAS FORÇAS AS PESSOAS QUE DEUS COLOCAR EM MEU CAMINHO.

Em Hebreus 13:16, o Senhor nos orienta a não esquecermos de fazer o bem, e de repartir com outros o que pudermos, pois Deus se agrada disto. Em Efésios 4:28 Ele nos encoraja a trabalhar para que tenhamos recursos para repartir com aqueles que tem necessidade. Em Mateus 25:35 o Senhor faz menção do dia final, que dirá aos salvos naquele dia: Vinde benditos de meu Pai! Eu tive fome e me destes de comer, tive sede e me deste de beber, era forasteiro e  me acolhestes, isso quando fizeste a 
um dos meus pequenos. 

Portanto, temos o que oferecer ao Senhor: Nossa gratidão através da atitude de repartir hoje um pouco dos recursos que ele pôs em nossas mãos.


Este Artigo foi publicado pelo Blog www.aindaexistepaz.com, se você está lendo este artigo em outro blog, informe-nos através de nosso formulário de contato.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Guerreiros de Deus!



Ouvi o Senhor falar comigo esses dias acerca deste tema: Guerreiros de Deus, e após entender mais a fundo a mensagem preguei-a. Nosso ponto de partida é Jeremias 20:11, neste verso, Deus através do profeta diz que está conosco como um guerreiro poderoso, e por causa da sua presença conosco os nossos inimigos tropeçarão, não prevalecerão e ficarão confundidos. Só esta palavra já é suficiente para nos alimentar por hoje não acha? Deus está dizendo que é contigo, que ele é um guerreiro poderoso contigo, aleluia.

Deus, sendo guerreiro poderoso, segundo a sua palavra se revestiu. O Salmo 93:1 diz que Deus se revestiu e se vestiu de fortaleza, ou seja, não é o fato de ser um guerreiro que torna a pessoa preparada para qualquer batalha, há a necessidade de revestimento, e isso é tão sério que o próprio Deus, sendo guerreiro, se revestiu de fortaleza.

Há um desejo no coração de Deus. O Senhor espera que você como filho d'Ele se torne alguém parecido com Ele, e um dos atributos que ele quer que você herde é a de ser um guerreiro como ele é. É maravilhoso o fato de que Deus sempre pede a nós algo que ele mesmo já provou, viveu e por isso pode nos pedir porque é possível, e quem fez isso por Deus foi nosso Senhor Jesus Cristo, ele veio como homem e provou na pele tudo o que a humanidade oferece de bom e de ruim, mas ele se tornou aqui na terra como homem e como Deus, também, um guerreiro.

O profeta Isaías é conhecido por todos como o profeta messiânico, pelo fato de seu livro ser o que mais contém informações sobre o messias, e me maravilho ao ler o que Deus o revelou no capítulo 59:17, ele está falando de Jesus, e está registrado as seguintes palavras: Ele se revestiu de justiça. Assim como Deus é um guerreiro, Jesus também é um guerreiro, isso pode ser comprovado pelas vezes que encontramos na palavra do Senhor referências a Jesus como Senhor dos exércitos, e sendo Jesus também guerreiro, segundo Isaías, ele se revestiu assim como Deus Pai. A justiça de Jesus é como uma couraça que o protege. Na sua cabeça Jesus carregou o capacete da salvação, sua mente estava protegida dos ataques de satanás, da sua tentação, das suas propostas sujas e o seu corpo estava vestido com o manto do zelo, o zelo de Jesus em cumprir a vontade do pai, era um manto envolto em seu corpo, por isso podemos afirmar que Jesus, o guerreiro de Deus, que trouxe salvação as nossas vidas não guerreou as guerras de Deus de qualquer maneira, ele estava revestido com a armadura de Deus.

Deus, usando o apóstolo Paulo fez um convite a mim e também a você, 2 Timóteo 2:3 o Senhor nos convida a participar dos sofrimentos deste mundo como um bom soldado de Cristo, este convite de Deus não é outro senão o Senhor chamando seus filhos a serem aquilo que Ele é e também aquilo que Jesus é: Um guerreiro. Assim como Deus é um guerreiro ele te chama para ser um guerreiro; Assim como Jesus é um guerreiro ele te chama para ser um guerreiro. Porém, não podemos ser guerreiros de Deus de qualquer jeito, assim como o pai se revestiu e como Jesus se revestiu nós precisamos nos revestir e em Efésios 6:11 o Senhor fala acerca do revestimento que precisamos: "Revesti-vos de toda armadura de Deus". A armadura que Deus fez para nós é parecidíssima com a que Ele deu a Jesus. Efésios 6:14 nos demonstra isso, a verdade é um cinto que prende a armadura, por isso fale a verdade sempre, a justiça é uma couraça que protege nosso peito, por isso seja justo sempre. A preparação do evangelho são sandálias para os nossos pés, a nossa fé em Cristo é um escudo poderoso contra os ataques do diabo, o capacete da salvação garantirá que nossa mente estará protegida contra os pensamentos malignos que satanás que colocar em nossa mente, e a espada do espírito, que é a palavra de Deus é nossa arma de ataque, por isso, precisamos conhecer a Bíblia a fundo.

Portanto guerreiro de Deus, o Senhor é contigo, e deixou o exemplo, sendo ele guerreiro, te chama para ser um guerreiro também, e te alerta que para partir pra guerra você não pode andar de qualquer jeito, tem que se revestir, e essa é a principal mensagem do Senhor para nós hoje: Você precisa se revestir.

Este Artigo foi publicado pelo Blog www.aindaexistepaz.com, se você está lendo este artigo em outro blog, informe-nos através de nosso formulário de contato.

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Ame seu inimigo!


Estive procurando inicialmente hoje um texto Bíblico que me falasse: NÃO TEREIS INIMIGOS! Iniciei minha busca no Novo testamento, fui para o Antigo e nada. Lembrei-me de Romanos 12:18 que diz que se depender de mim, eu devo ter paz com todos os homens, mas, na maioria das vezes no meu caso, a paz não depende de mim, vejo pessoas que querem guerrear comigo, sem que eu lhes tenha feito algo. Partindo deste princípio, o mesmo texto diz no verso 20 que se meu inimigo tiver fome é para eu dar alimento para ele, ou seja, não sou proibido de ter inimigo novamente, sou proibido de fazer o mal a ele.

Então, cheguei a esta conclusão: NÃO É PECADO TER INIMIGOS, MAS, É PECADO FAZER O MAL A ELES!

Romanos 12:19 diz que nós não devemos nos vingar. Então não devo pagar a ofensa que recebi com a mesma moeda, e olha que agente morre de vontade de fazer isso, mas, por amor a Cristo, deixemos a vingança.

Romanos 12:21 já me dá uma receita para vencer o meu inimigo: FAÇA O BEM A ELE! Falar é fácil não é?   Mas é possível sim, respire fundo, saia do ambiente, ore num banheiro ou em qualquer lugar, cante um louvor daquele que toca lá dentro e depois volte, sorrindo como se nada tivesse acontecido, como se a flexa não tivesse atingido você sabe, vivi isso alguns dias atrás e fiz isso, não com sarcasmo, cinismo, mas de coração aberto mesmo, posso dizer, Deus está certo, é vitória.

Quando vamos lá para Lucas 6:27-36 aí Jesus nos estreita. O primeiro conselho que o Senhor nos dá mais uma vez não é para não termos inimigos, Deus sabe de tudo, tem pessoas que são nossas inimigas de graça, você por exemplo passa por alguém na rua, não reconhece e não acena para ele, depois deste dia pronto, você vira a pior pessoa do mundo para ela, inimigo mortal, por que você é metido, ou se acha melhor do que os outros, quando o que houve foi só que você estava distraído e não viu ele passando. Jesus então deixa o primeiro conselho: AME SEUS INIMIGOS, FAÇA O BEM A QUEM TE ODEIA! Quando penso nesse amor, só me vem a memória a seguinte frase: Como é que vou amar de verdade quem me odeia? Lembro-me que ouvi certa vez, que amar alguém não é ter apenas um sentimento bom para com ele, mas o amor vai além dos sentimentos, o amor é uma atitude, por isso, amar nosso inimigo não significa ser falso e tentar mostrar um sentimento que não existe, mas é ter atitudes boas com ele, independente do que houve no passado, é amar com atitude e não com sentimento, é o que Paulo disse em Romanos 12:20 se teu inimigo tiver fome dá um pão pra ele, isso é amor (atitude, caridade).

O que vem a seguir não é fácil de seguir na prática também, FALE BEM, DE QUEM FALA MAL DE VOCÊ! Dá vontade de dizer: Mas Jesus, olha o que ele espalhou de mim, ela me pintou como um diabo Jesus olha pra lá! Mas, como servos obedientes, precisamos ser humildes, quando agente entra nesse jogo de falar mal pra descontar, ou até pra se justificar diante dos outros, quem perde no final não é o nosso inimigo, somos nós mesmos. Quando revidamos, damos ferramentas nas mãos do inimigo, e daí as pessoas passam a acreditar de verdade no que ele inventou de nós. Portanto, abaixa a tua espada, guarda o teu revólver, não vale à pena não, obedeça Jesus, fale bem dele(a) ainda.

eu não vou a fundo no texto porque tem muito mais coisas e este texto iria ficar imenso, mas pense nisto hoje. Como tratar meus inimigos? Da mesma maneira que tratamos nossos amigos.

Este Artigo foi publicado pelo Blog www.aindaexistepaz.com, se você está lendo este artigo em outro blog, informe-nos através de nosso formulário de contato.